5 cuidados importantes com o cachorro

03/08/2017

1 – Mantenha a higiene do cão em dia

Banho, tosa, cortar unhas, escovar o pelo e também os dentes. Todos esses são cuidados básicos e que devem se tornar um hábito para manter a higiene do seu cão em dia.

A frequência ideal para cada um desses cuidados é:banho (pelo menos duas vezes por mês), tosa (pode ser feita a cada 45 dias — dependendo da quantidade de pelo do cão, pode ser necessário tosá-lo em uma frequência maior no verão ou em períodos do ano que são mais quentes), cortar as unhas (a cada sete dias ou, pelo menos, duas vezes por mês), escovar os pelos (muito importante para a retirada de pelos mortos e para mantê-los macios e com brilho) Deve ser feita diariamente em cães com muito pelo e duas vezes por semana naqueles que não tem muito;
Escovar os dentes: para evitar que o seu cão desenvolva doenças bucais, o indicado é que você escove os dentes dele diariamente e o leve para fazer uma escovação mensal no pet shop.

2 – Separe um tempo para brincadeiras

Dedique diariamente um tempo de qualidade ao seu cão, de forma a construir uma bela amizade entre vocês. Esse contato maior entre cão e o dono é muito importante para o bem-estar dele e para deixá-lo sempre feliz e satisfeito.

Por maior atarefada que seja a sua rotina, separe cerca de vinte minutos para realizar algumas brincadeiras — sem contar o momento dedicado ao passeio, ok?

Seja de buscar a bolinha, ensinar algum truque ou comando, saiba que essa dedicação fará muito bem ao seu animal de estimação.

3 – Leve-o regularmente para se consultar com o veterinário

Para ter a certeza de que está tudo bem com a saúde do seu cão, anote em sua agenda visitas anuais ao veterinário e não somente quando o pet apresentar algum comportamento ou sintoma diferente.

Nestas visitas, aproveite para tirar todas as dúvidas e colocar em dia as vacinas. Se necessário, além da avaliação física, o veterinário pode solicitar alguns exames de rotina. Além disso, quanto mais velho for o seu cão, maior será a frequência de consultas, passando de anuais para semestrais.

4 – Garanta uma alimentação de qualidade

A quantidade ideal de ração e de vezes que o seu cão deve ser alimentado dependerão da idade, porte e raça. Você pode tanto seguir as orientações dadas no pacote da ração como também pedir orientação ao veterinário para certificar que o seu amigo está tendo uma alimentação de qualidade.

Na hora de escolher a ração, dê preferência por uma que tenha um bom custo-benefício, ou seja, que além de ter um preço em conta, ofereça os nutrientes necessários e que agrade ao paladar do cão.

5 – Coloque uma placa de identificação

Independentemente da situação, pode acontecer do seu cão conseguir fugir um dia — seja durante um passeio ou porque alguém deixou uma porta da sua casa aberta. Para se sentir seguro, invista em uma placa de identificação com todas as informações de contato necessárias.

Atualmente, já é possível encontrar placas de identificação com um QRCode, em que basta quem encontrá-lo utilizar um dispositivo móvel para acessar online todas os dados referentes ao cão.

O que achou das nossas dicas? Você já seguia todos esses cuidados com o cachorro? Compartilhe este post em suas redes sociais e divida essas informações com os seus amigos donos de cães!

Fonte: http://www.pataapata.com.br/blog